Infinito particular: nosso design feito para viver na CASACOR Minas 2022

23 AGO 2022
• Mostras

Projetar com o intuito de priorizar o bem-estar, seja ele físico, mental ou espiritual. Essa é a proposta da CASACOR MG para 2022, que escolheu o tema Infinito Particular como guia. “O tema escolhido para este ano possibilita que os profissionais possam apresentar todas as suas referências pessoais e profissionais. A CASACOR Minas é um lugar voltado não apenas para a apresentação do que há de mais significativo em termos de criatividade, mas também reflete sobre o desenvolvimento humano e sobre como associamos nossa identidade, ancestralidade, vivências e referências no ambiente onde vivemos”, destaca o diretor executivo Eduardo Faleiro.

 

Nesta edição da CASACOR Minas, nosso design feito para viver entrou em cena de maneira diferenciada, através do espaço conceitual Infinito Coletivo, assinado pelos Arquitetos Associados. Outros dois espaços também receberam nossas peças: a Casa Sui de Nídia Duarte e o Ninho da Melo e Ker Arquitetura.

 

Infinito Coletivo por Arquitetos Associados

A praça Lider Interiores foi batizada de Infinito Coletivo e oferece ampla liberdade de experimentação arquitetônica no espaço de convivência. Seu projeto foi inspirado na fábrica: cada um dos quatro módulos disponibilizados são dispostos nas extremidades da grande praça quadrada e exploram diferentes possibilidades tecnológicas: a placa de madeira maciça laminada colada, as estantes de chapas de madeira industrializadas, as tramas das cordas náuticas e as chapas metálicas com corte CNC aplicados como elementos vazados, valorizando a vista do Palácio e da Serra do Curral.

Vista externa da Praça Lider

 

Os módulos que circulam a praça foram inspirados na fábrica Lider.

 

O sofá Way permite diversas configurações do espaço.

 

A praça Lider Interiores foi batizada de Infinito Coletivo e oferece ampla liberdade de experimentação arquitetônica no espaço de convivência. Seu projeto foi inspirado na fábrica: cada um dos quatro módulos disponibilizados são dispostos nas extremidades da grande praça quadrada e exploram diferentes possibilidades tecnológicas: a placa de madeira maciça laminada colada, as estantes de chapas de madeira industrializadas, as tramas das cordas náuticas e as chapas metálicas com corte CNC aplicados como elementos vazados, valorizando a vista do Palácio e da Serra do Curral.

Toda a concepção do nosso Infinito Coletivo foi possível graças à colaboração de excelentes parceiros. Nosso muito obrigado a:

Projeto Luminotécnico: Templuz
Paisagismo: Felipe Fontes Paisagismo
Construção: Ricam Engenharia e Construções
Aço: ArcelorMittal Brasil
Aço corten para arquitetura: Accero
Estrutura metálica: BH Estruturas Metálicas
Piso: Cerâmica Portinari
Tintas: Tintas Coral e Varejão das Tintas
Vidros: Cebrace Vidros
Vidros (corte): Divinal Vidros
Vidros (montagem): Vitra vidros
Coordenação Geral: Raquel Nogueira
Estagiária coordenação: Julia Bersan Pereira
RP e Parcerias: Mariana Sobreira

 

Casa Sui por Nídia Duarte

A expressão latina Sui Generis inspira o espaço, que traz a ideia de respeito às diferenças individuais. A estrutura suspensa tem portas tramadas naturalmente, valorizando a vista do entorno. O sofá Boomerang de Brunno Jahara segue a linha da biofilia proposta, com seu design orgânico.

Sofá Boomerang de Jahara Studio segue a biofilia proposta pelo espaço.

 

Portas tramadas integram a casa Sui ao jardim.

 

Cadeira Trama (Plissada) da Suíte Design compõe a área gourmet do espaço.

 

Ninho por Melo e Ker Arquitetura

O ambiente aberto como uma varanda tem o acolhimento como base do seu conceito. O acabamento em pedra São Tomé é valorizado pelas texturas macias, como a da poltrona Ninho do Nada Se Leva. O sofá Arc traz mais aconchego e permite que se deguste um bom vinho da adega instalada ao seu lado.

Sofá Arc e poltrona Ninho garantem o acolhimento do Ninho proposto pelo escritório Melo e Ker.

 

Que tal visitar a CASACOR Minas Gerais?

Funcionamento: 

Terça a Sexta feira – das 14h às 21h (21h encerra a bilheteria, visitação até as 22h)
Sábados – das 12h às 21h  (21h encerra a bilheteria, visitação até as 22h)
Domingo – das 12h às 19h  (19h encerra a bilheteria, visitação até as 20h)

 

Valores de ingressos:

 Terça a Sexta-feira
Inteira R$70,00
Meia entrada –R$35,00 mediante comprovação

Sábados, domingos e feriados
Inteira R$80,00
Meia entrada –R$40,00 Mediante a comprovação

 

Ingressos na bilheteria da mostra ou pelo site.

Confira as novidades do nosso blog